Honda VF 400 F

3 250 €
Condição Stock
Marca Honda
Modelo VF
Série 400
Versão F
Combustível Gasolina
Registo(s) 3
Ano de Registo 1984
Origem Importado
Quilómetros 47.741 km
Cilindrada 399 cm3
Potência 55 Cv (40.1 kW) @ 11500 RPM
Tipo de Caixa Manual
Cor Branco perola
Detalhes
Mês e Ano do Primeiro Registo Junho de 1984
Aceita retoma Sim
Possibilidade de financiamento Sim, desde 0% de entrada.
Segmento Motociclo
Metalizado Sim
Lotação 2
Classe do veículo Classe 1
Tracção do veículo Tracção traseira
Filtro de Partículas Não
Garantia do Stand 18 meses, extensível a 36
Livro de Revisões completo Não
Não fumador Sim
2ª Chave Não
Jantes de Liga Leve Sim
Medida Jantes de Liga Leve 16 polegadas (frente) e 18 Polegadas (traseira)
Motor
Nº de Cilindros 4 (em "V")
Desempenho
Transmissão
Nº de Mudanças 6
Este veículo vem equipado com:
Equipamentos
  • Bancos Desportivos
  • Estofos em Pele integral
  • Retrovisores com Regulação Manual
  • Suspensão Ajustável
  • Suspensão Desportiva

Uma verdadeira Clássica!

A Honda VF400F V-four foi algo completamente diferente, completamente inovadora.

A frente desta mota reescreveu as regras do design deste tipo de veículos.

Descartando as regras de construção em volta dos motores de quatro cilindros em linha, o novo design do motor Honda, em V foi compactado firmemente em uma estrutura tubular de aço duplo com todos os recursos absorvidos com a colaboração do piloto de Motociclismo em 500cc, Freddie Spencer.

Este modelo apresentado ao mercado pela primeira vez em abril de 1983, a Honda VF400F oferecia uma surpresa ainda maior quando o condutor passava uma perna sobre o assento e observava os manómetros, com o “red Line” nas fenomenais 12.500 rotações, normalmente apenas alcançadas por motas de competição.

Assim, a Honda oferecia aos seus clientes a hipótese de imaginar a condução de uma mota de corrida.

Foi também uma das motas pioneiras na travagem de disco e embraiagem hidráulica, sendo sem dúvida uma das “resistentes” na híper fiabilidade Japonesa.

Esta Unidade, foi importada da Bélgica, pois foi um modelo que nunca chegou ao nosso mercado.

Nunca restaurada, apresenta a “patine” de época, mas completamente funcional e sempre mantida, tendo sido revista já em Janeiro de 2023.

Sujeita a qualquer teste.

Qualquer assunto, por favor disponha

Pedir informações
Os campos com * são de preenchimento obrigatório.